Dosagem com irídio


No Radiation Counting Laboratory a 2 metros de profundidade, instalado no Johnson Space Center (da NASA), o Dr. Robert S. Clark preparava a inserção de peças de folhas de irídio – ensanduichadas entre lâminas de plástico – no laboratório de detecção de radiação. As tiras de folhas de irídio foram usadas pela equipe da segunda missão Skylab em dosímetros pessoais de radiação em seus 59,5 dias de estadia no espaço.

Dentro da câmara do detector de radiação, envolta por 28 toneladas de blindagem de chumbo, a amostra testada determinou a dose total de nêutrons que os astronautas foram expostos durante a longa estadia a bordo da Skylab.

Infelizmente a folha de irídio não está em destaque nesta imagem.

A fotografia foi feita em 6 de novembro de 1973.
As missões Skylab foram executadas entre os anos de 1973 e 1979.

Imagem em PDF (tamanho A4)

Imagem original de
https://images.nasa.gov/

Texto escrito por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle – Universidade Federal do Pampa.

Comentários

comentários

Escreva uma mensagem