Titânio .999

pedaço de metal com o desenho de um bisão
Essa é uma barra de titânio, famosa por seu desenho de um bisão americano, que contém 10 onças troy de titânio 0,999 (titânio metálico puro com uma pureza de 99,9%), o equivalente a 311,034 g.
O desenho foi produzido pelo escultor James Earle Fraser, em 1912, inspirado por influências de memórias de infância, expressas em muitas de suas obras. James nasceu em uma região de fronteira entre os EUA e o Canadá, sendo exposta à realidade dos nativos americanos, que estavam sendo empurrados cada vez mais para oeste ou confinados a reservas indígenas.

Ele queria capturar o espírito da fronteira selvagem americana, com sua arte. O projeto foi originalmente usado em moedas, conhecidas como ‘cabeça de índio’, que foram cunhadas em 1913-1938.

O titânio metálico não existe em estado livre, mas, combinado a outros elementos. É o nono em abundância na crosta terrestre, e produzido comercialmente a partir da redução do tetracloreto de titânio (TiCl4) com magnésio a 800 °C, em processo realizado em presença de atmosfera de argônio. O dióxido de titânio bruto é purificado em conversão ao tetracloreto de titânio em processo clorídrico.

Texto escrito por Victória Kopp.

Imagem em licença Creative Commons (by-nc 2.0). Via Mr. Hoch.

Comentários

comentários

Tags:

Escreva uma mensagem