Tetrafluoreto de xenônio

cristais incolores

O anúncio da síntese do tetrafluoreto de xenônio foi dado em 2 de outubro de 1962, pelo Laboratório Argonne. Com a glória de ser o primeiro composto simples contendo o elemento xenônio.

O resultado foi festejado pelo fato de o xenônio ser um gás nobre e bastante inerte, dificultando as possíveis reações deste elemento. Isto abriu uma nova fronteira no estudo das ligações químicas.

Foram três os cientistas do Argonne que compartilharam o sucesso: John Malm, Henry Selig and Howard Claassen.

O que foi possível devido ao pioneirismo de Neil Bartlett, químico inglês naturalizado norte-americano, que demonstrou inicialmente a possibilidade deste tipo de reação envolvendo o xenônio.

Imagem sob licença Creative Commons, via Argonne National Laboratory.

Texto escrito por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle.

Comentários

comentários

Tags:

Escreva uma mensagem