Telúrio em DVD-RW


O telúrio encontra uma de suas aplicações na manufatura de discos de DVDs que podem ser regravados (RW). Estando na forma de uma liga metálica em conjunto com o germânio e o antimônio, o telúrio então forma um material que é capaz de mudar rapidamente de fase.

Durante os processos de gravação em um DVD, o material é inicialmente levado ao seu estado cristalino, com a irradiação de um laser de baixa intensidade. O material é aquecido por este laser até atingir uma temperatura na qual ocorre a cristalização, sem ocorrer fusão. A informação pode então ser ´escrita´ nesta fase fase cristalina pelo aquecimento de pontos no material com pulsos de laser de alta intensidade e em pulsos cursos de menos de 10 nanossegundos. Com este aquecimento o material funde localmente indo até uma fase amorfa. Neste caso a fase amorfa tem uma refletividade menor do que a fase cristalina, e os dados são gravados como ´pontos escuros´ em um fundo cristalino. (Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/GeSbTe )

Imagem em licença Creative Commons (by-nc 2.0), via stuartajc.

Texto escrito por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle

Comentários

comentários

Escreva uma mensagem