Ponta de irídio


Algumas das velas de ignição, utilizadas em motores a combustão, podem ter uma certa quantidade do elemento irídio na sua ponta.

A quantidade de irídio utilizada em cada vela é pequena, tanto que a produção de velas do ano de 2007 utilizou apenas 0,78 toneladas do material.

O uso do irídio deve-se a sua boa resistência à erosão pela faísca. O seu alto ponto de fusão, em torno de 2466 °C, também é uma característica desejável nesta aplicação.

Inicialmente, devido ao elevado custo de produção, este tipo de vela era apenas utilizada em motores de alguns tipos de aviões e em aplicações industriais. Mas com a massificação da produção também foi possível seu uso em automóveis.

Vela em funcionamento

Imagem em licença Creative Commons (by 2.0). Via siRRonWong.

Texto escrito por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle

Comentários

comentários

Escreva uma mensagem