Polônio em aviões nucleares


Um físico da NACA estuda as partículas alfa em uma câmara de Wilson, que também é conhecida como câmara de nuvens.

Esta câmara foi usada pelo cientista Lewis para obter informações que tinham como objetivo minimizar efeitos indesejáveis da radiação em componentes de aeronaves movidas a energia nuclear.

Nesta foto as partículas alfa provém de uma fonte de polônio que emite em um padrão muito parecido com uma flor, no centro da câmara de nuvens. As partículas ficam visíveis por meio de difusão de vapor de álcool que difunde de uma área em temperatura ambiente para outra em -78 oC.

O desenvolvimento de aviões movidos a energia nuclear foram cancelados no início da década de 60.

A imagem acima foi registrada em 09/12/1957.

Veja a imagem original em
http://www.nasaimages.org/

Comentários

comentários

Escreva uma mensagem