O verde da aurora

brilho esverdeado do oxigênio

A imagem observada pela tripulação da Estação Espacial Internacional registrou uma bela ocorrência de uma típica aurora de cor esverdeada. Com o ponto privilegiado de observação a 350 quilômetros de altitude em sobrevoo ao sul do Oceano Índico.

O fenômeno foi registrado no dia 29 de maio de 2011 e ocorreu por causa da elevada atividade Solar que causou um uma ejeção de massa coronal no dia 24 de maio; e que só atingiu a Terra no dia 29.

O tom verde é decorrente da excitação de átomos de oxigênio presentes em uma altitude em torno de 100 quilômetros ou mais. Que além do verde pode também emitir um brilho avermelhado em determinadas condições.

Por estar em uma posição mais ao sul no planeta Terra este tipo de aurora é chamada de aurora austral; diferente da boreal que é mais comum.

Mais informações em
http://www.atoptics.co.uk/highsky/auror3.htm

Imagem da Nasa, que permite o uso para fins educacionais.

Texto escrito por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle.

Comentários

comentários

Tags:

Escreva uma mensagem