Lâmpada de vapor de sódio

brilho amarelo da luz
A cor amarelada comum na iluminação pública é decorrente em boa parte do uso de lâmpadas que funcionam com base no vapor de sódio.
São comuns porque possuem uma boa eficiência de iluminação em relação ao consumo de energia, e por causarem uma menor poluição luminosa noturna que possa atrapalhar a observação astronômica.

Apesar da boa eficiência este tipo de lâmpada é péssima para situações nas quais desejamos diferenciar diferentes cortes no ambiente. Isto ocorre porque a luz emitida fica praticamente toda concentrada no amarelo (589 nm), o que causa dificuldade para o olho humano perceber as outras cores.

O interior do bulbo da lâmpada também contém uma pequena quantidade dos gases neônio e argônio, que servem como iniciadores do funcionamento da lâmpada. A presença destes gases pode ser percebida por uma cor diferente do amarelo que aparece nos segundos iniciais do funcionamento da lâmpada.

Por conter sódio este tipo de lâmpada deve ser descartada com cuidado, pois o contato do sódio com a água pode iniciar um incêndio.

Vídeo (em inglês, sem legendas)

Texto escrito por

Imagem em comemoração à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

Imagem em licença Creative Commons (by 3.0), via David Clarck.

Comentários

comentários

Escreva uma mensagem